Treinamento de vídeo nas Filipinas

O jornalista de vídeo francês Richard Vallantin passou quatro dias em Manila para oferecer um treinamento em filmagem e edição de vídeo para 16 redatores.

Terça-feira, 16 de março de 2016
Voo para Manila, Filipinas
Missão: treinamento de quatro dias na capital das Filipinas, na sede da Philippines Star, o primeiro jornal diário filipino.

Quinta-feira, 18 de março de 2016
Chegada ao edifício da Philippines Star, na zona portuária. O velho edifício, um símbolo da pujante imprensa livre que prosperou após o governo de Marcos, abriga grandes prensas rotativas que imprimem 200 mil cópias do jornal a cada dia.

O primeiro contato com a equipe em treinamento é promissor, todos estão empolgados e engajados. Assim como em qualquer outro lugar do mundo, a imprensa escrita está sofrendo uma transição para as mídias digitais, e o objetivo do jornal é criar um portal de internet que ofereça uma cobertura em vídeo com notícias nacionais. A reportagem em vídeo é certamente parte do futuro deles no jornalismo.

Vamos logo ao assunto, falando de enquadramentos, ângulos, sequências… a equipe em treinamento é incrível: aprendem rápido e bem. Eles são, de modo geral, jornalistas, e utilizar a câmera em vez de uma caneta é um tanto natural.

O tempo é curto e os dois grupos de oito pessoas têm dois dias, cada um, para assimilar aspectos básicos da reportagem em vídeo. Desafio aceito, e com um entusiasmo genuíno: ao final de quatro dias, conseguimos mostrar os filmes para toda a redação. Todos estão impressionados.

Aprendi muito durante esse trabalho, especialmente sobre a facilidade com que esses jovens jornalistas utilizam ferramentas em rede e a facilidade com que se adaptam a mudanças tecnológicas.

© Johanna Leguerre -