O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento – em colaboração com os Governos da Noruega, da França e do Peru, e com o auxílio da população autóctone de todos os continentes – trabalhou para aumentar a visibilidade e o engajamento dos povos indígenas na Convenção da ONU sobre Mudança do Clima em Paris (UNFCCC COP21)

A Iniciativa do Equador, que culmina com a cerimônia de entrega do Prêmio, é uma parceria liderada pelas Nações Unidas que reúne governos, o setor privado, a sociedade civil e ONGs para reconhecer e promover soluções locais de desenvolvimento sustentável para pessoas, comunidades, e para a natureza. O Prêmio já foi concedido a 187 comunidades locais e indígenas em mais de 70 países desde 2002. O Prêmio Equador reconhece os esforços de comunidades locais para a proteção do meio-ambiente e divulga internacionalmente essas histórias inspiradoras.

A cerimônia de premiação de 2015 teve como tema a liderança comunitária ligada aos seguintes temas: defesa da justiça ambiental, direito dos povos indígenas a terras, territórios e recursos naturais; luta pelo consentimento livre, prévio e informado (FPIC, na sigla em inglês); proteção, restauração e manejo sustentável de florestas; agricultura sustentável e segurança alimentar; e adaptação comunitária a mudanças climáticas.

Representantes do governo, do setor privado e celebridades participaram da cerimônia de entrega do prêmio, ocasião em que foram projetados pequenos vídeos sobre os premiados.

OS VÍDEOS
Assista a todos os vídeos aqui!

Foram feitos vídeos sobre cada uma das 20 comunidades participantes, a fim de dar visibilidade ao trabalho dos povos indígenas na proteção da biodiversidade e no combate às mudanças climáticas.

A AFP-Services trabalhou com o escritório do PNUD em Genebra para captar horas de gravação de diversos locais em todo o mundo, que foram editados pelo PNUD e deram origem a:
20 vídeos de cinco minutos a serem transmitidos separadamente ou compilados na forma de um documentário mais longo, de acordo com o interesse do exibidor. A gravação foi também editada pela AFPTV e distribuída para seus clientes. Cada equipe local produziu de 3 a 5 horas de material.
6 vídeos de cinco minutos, produzidos a partir dos outros vinte vídeos, a serem exibidos em diferentes momentos da cerimônia de premiação em Paris.