De volta do Rio de Janeiro! Com Amandine Jouan

Então, Amandine! Você foi ao Rio, chamada na véspera, para trabalhar como produtora de uma cobertura fotográfica especial durante os Jogos Olímpicos. Como foi isso?

Foi uma experiência muito recompensadora. Profissionalmente, é claro, mas pessoalmente também! Meu trabalho lá era coordenar os fotógrafos que estavam cobrindo as competições, para que tudo funcionasse harmoniosamente. Eu era responsável também por editar as fotos e era o principal ponto de contato com nosso cliente, um dos patrocinadores dos Jogos. Eu tinha que estar disponível o tempo todo para esclarecer qualquer questão que surgisse.

Imagino que tudo tenha acontecido de uma hora para a outra. Conta para a gente como foi?

Quando eu cheguei foi uma correria: não tinha hotel, nem telefone… aquela “empolgação” das viagens que não são planejadas com antecedência. Eu estava um pouco ansiosa na primeira reunião com o cliente, quando percebi que eu era responsável por tudo! Todos os dias um novo desafio, um novo problema a ser resolvido. Mas, no final, deu tudo certo.

Você teve algum ataque de ansiedade?

No último dia, estavam desmontando o centro de imprensa onde eu estava trabalhando, e eu tive que trabalhar do meu hotel. Mas caiu uma tempestade e acabou a luz. Então, além de ficar no escuro, eu não podia ligar meu computador! Ainda bem que a divisão de fotografia cobre todo os continentes, e por isso um colega que trabalha nos Estados Unidos pôde assumir a tarefa de onde estava, em Washington. Esse é um dos pontos fortes da AFP-Services, tem sempre alguém pronto para tomar a frente!

Por falar nos colegas de trabalho, não foi difícil demais estar enfrentando todas as dificuldades sozinha, lá no Brasil?

Não, como eu disse, temos sorte de ter o apoio da AFP na AFP-Services. Eu pude contar com o Diretor de Foto responsável pelos Jogos. O Richard, nosso colega fotojornalista, estava lá para atender a outro cliente, e foi muito bom poder conversar com ele de vez em quando. Eu cheguei até a ir fotografar com ele uma vez, foi incrível! Voltei para casa com lembranças maravilhosas, e estou orgulhosa de ter conseguido dar conta de todo esse projeto. Foi a primeira vez que trabalhei com a equipe criativa de uma empresa e descobri uma nova forma de ver as coisas, uma perspectiva diferente do meu trabalho. Normalmente, nós trabalhamos com o departamento de comunicação dos nossos clientes… eu aprendi muito! Nesse caso, precisei encontrar o equilíbrio certo entre as especificidades de um grande patrocinador e os direitos de PI. Mas a AFP-Services pode se adaptar a todas as situações, e o cliente ficou muito satisfeito. Eu produzi 1.300 fotos e gerenciei o projeto do início ao fim, desde a relação com o cliente até a edição e a logística. Foi uma experiência pessoal maravilhosa, e mais uma conquista da AFP-Services!

© Charlotte Notteghem -© Daylin Paul/ AFP-Services/ MTV Africa -